2leep.com

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Salada de maionese e salada de pepinos

   Se tem uma coisa boa para se comer no verão é uma saladinha e aqui segue minhas duas saladas preferidas, de pepino e de maionese: 

Salada de maionese

Tem aqui:

  • 3 batatas grandes cortadas em cubos
  • 2 cenouras grandes cortadas em  cubos
  • 2 colheres de sopa de maionese
  • 1 pedacinho de caldo em cubo (acho que usei bacon com louro)
  • sal, azeitonas e temperinhos a gosto


Às vezes eu coloco vajem, milho e ervilha também, lembrando que a vajem ter que ser bem limpa e retirado aqueles dois fiapinhos dos lados, eu prefiro até cortar as laterais...

Viajando na maionese...



 Coloque as cenouras e batatas para cozinhar com um pouco de sal e um pedacinho de caldo de sua preferência

Não deixe cozinhar muito, para não virar um purê quando misturar a maionese, após a fervura deixe por uns 5 minutos, prove o sal escorra, acrescente as azeitonas, a maionese e voilà!


Dica: Quanto menor você cortar os legumes mais rápido irá cozinhar.

Uma opção mais leve de salada e a de pepino

 pepino japonês bem lavadinho e fatiado com casca bem fininho, tomates em cubinho, azeitonas e temperado com azeite, limão e sal... hummm



sábado, 28 de janeiro de 2012

O frasco de maionese e o café

 Quando as coisas na vida parecem demasiado, quando 24 horas por dia não são suficientes...Lembre-se do frasco de maionese e do café.
 
    Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega num frasco de maionese e esvazia-o...tirou a maionese e encheu-o com bolas de golf.
    A seguir perguntou aos alunos se o Frasco estava cheio.   Os estudantes responderam sim.
Então o professor pega numa caixa cheia de pedrinhas e mete-as no frasco de maionese. As pedrinhas encheram os espaços vazios entre as bolas de golf.
  O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.
  Então...o professor pegou noutra caixa...uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese.  Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o professor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime  "Sim !".
  De seguida o professor acrescentou 2 xícaras de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir-se...mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes: 
  'QUERO QUE SE DÊEM CONTA QUE ESTE FRASCO REPRESENTA A VIDA'.
    As bolas de golf são as coisas Importantes:
como Deus, a FAMÍLIA, a SAÚDE, os AMIGOS, tudo o que você AMA DE VERDADE.
   São coisas, que mesmo que se perdessemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.
   As pedrinhas são as outras coisas que importam como: o trabalho, a casa, o carro, etc.
   A areia é tudo o demais, as pequenas coisas.  
  'Se puséssemos  1º a areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas de golf. 
  O mesmo acontece com a vida'.
  Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.
  Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua Felicidade.
   Brinque ensinando  os seus filhos,
  Arranje tempo para ir ao medico,
  Namore e vá com a sua/seu namorado(a)/marido/mulher jantar fora,
  Dedique algumas horas para uma boa conversa e diversão com seus amigos
  Pratique o seu esporte ou hobbie favorito.
 Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro... 
  Ocupe-se sempre das bolas de golf 1º, que representam as coisas que realmente importam na sua vida.
  Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia...  
  Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café.
 

  O professor sorriu e disse:
 
"...o café é só para vos demonstrar, que não importa o quanto a nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para um café com um amigo."
Esse texto relembrou meu antigo trabalho, deu até saudade da hora do café com a Lili e a Tânia...
Recebi por email by Ro

Uma lição de vida

   Esse email é bem antigo, mas acho que vale a pena ser lembrado pela seu exemplo de vida, principalmente para aquelas pessoas que reclamam por pequenas coisas...


   A moça da foto se chama Katie Kirkpatrick, de 21 anos. Ao lado dela está o noivo, Nick, de 23. A foto foi tirada pouco antes da cerimônia de casamento dos dois, realizada em 11 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos. Katie tem câncer em estado terminal e passa horas por dia recebendo medicação. Na foto Nick aguarda o término de mais uma destas sessões. 


  Apesar de sentir muita dor, de vários órgãos estarem apresentando falência e ter que recorrer à morfina, Katie levou adiante o casamento e fez questão de cuidar do máximo de detalhes. O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perde peso todos os dias devido ao câncer. 


  Um acessório inusitado na festa foi o tubo de oxigênio usado por Katie. Ele acompanhou a noiva em toda a cerimônia e na festa também. O outro casal da foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que namorou desde a adolescência. 


  Katie, sentada em uma cadeira de rodas e com o tubo de oxigênio, ouve o marido e os amigos cantarem para ela. 


  No meio da festa Katie tira um tempo para descansar. A dor a impede de ficar de pé por muito tempo. 


  Katie morreu 5 dias após o casamento. Esta história corre pela internet e as fotos venceram um concurso americano de jornalismo.
Ver uma menina tão debilitada vestida de noiva e com um sorrisão nos lábios faz a gente pensar se a vida é mesmo tão complicada...

Recebi por email by Thainá

 Tem gente, cheio de saúde que desiste de correr atrás dos seus sonhos, o que eu  acho impressionante nessa história, e que mesmo sabendo que tinha poucos dias de vida Katie não deixou de realizar o seu...

Bolinho de arroz contra o desperdício

   Olá, gente finalmente tomei coragem e arrumei um tempo para retomar os posts do blog, isso lutando com meu filho, que agora enquanto digito, empurra o teclado, puxa o mouse... etc
   E para retornar resolvi começar com uma receita prática e que evita uma coisa que aqui em casa não rola: desperdício.

Bolinho de arroz

Sobrou aqui:
  • Aproximadamente 2 xícaras de arroz velho (velho, mas não estragado em gente!)
  • 1 ovo
  • 2 colheres de maionese
  • Aproximadamente 1 xícara de farinha de trigo
  • sal, temperinhos e o que estiver sobrando na sua geladeira
Preparando...

Coloque o arroz em uma tigela, e acrescente os temperos que desejar, eu coloquei pimenta calabresa, orégano e sal,  misture bem e coloque o ovo

Acrescente a maionese o trigo e misture até dar o ponto de colher, que não deve ser nem muito duro e nem muito mole

Caso ache que ficou muito mole ponha mais trigo, do contrário acrescente uma colher de maionese
 Faça bolinhos com duas colheres, passando de uma para outra, frite em óleo bem quente e voilà!

 Coma ainda bem quentinho

 Fica ótimo também com um molhinho tipo rosê de cathchup e maionese

Crocante por fora e fofinho por dentro

Outra opção...

 Nessa outra opção eu coloquei, salsinha, uns pedacinhos de presunto que tinha sobrando na geladeira e sazon do nordeste



Também ficou uma delícia

Então é isso aí, quando sobrar arroz , nada de jogar fora, bolinho nele!



sábado, 14 de janeiro de 2012

Gente, desculpa a falta de posts!

    Queridos amigos e leitores, só tô criando esse post para dizer que não abandonei nosso bolo, é que com o aniversário do meu filhote de 1 ano chegando, estou dedicando todo meu tempo livre à ele, já que eu é quem está organizando tudo, do convite as lembrancinhas e quitutes, em breve voltarei com a rotina de piadinhas do blog que recheiam meu email e receitas deliciosas que estão acumulando a pasta de imagens do meu computador...

 

Aguardo a compreenção de todos!

Atenciosamente Dona Oliveira

Postagens recentes: